sábado, 29 de julho de 2017

Motoqueiro morre após ser atropelado por motorista embriagado no bairro Coroado

O soldador Anderson Soares, 24, morreu na manhã deste sábado (29), após a motocicleta que pilotava ser atingida por um carro modelo Prisma, placa NOX-4025, que trafegava pela Alameda Cosme Ferreira, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus. O motorista do veículo identificado como Mário Cabral, 45, estava alcoolizado e foi preso após a colisão. 

De acordo com o cabo Ângelo Cooper, da 11ª Companhia Interativa de Polícia (Cicom), o acidente aconteceu por volta de 6h40. O condutor bêbado saiu do retorno e atingiu a moto imprensando-a junto a uma carreta. O motociclista morreu no local e a passageira que ele transportava foi encaminhada pelo Samu a uma unidade de saúde da capital.   
Conforme ele, o motorista responsável pelo acidente ainda tentou fugir, mas foi contido pela população . "Ele foi preso em flagrante por embriaguez ao volante. Após ter feito o teste do bafômetro foi levado para o 9º DIP (Distrito Integrado de Polícia) para os procedimentos cabíveis. Com certeza será estipulado alguma fiança para ele", disse o cabo.
A mãe de Anderson, a dona de casa Vanuza Soares, 41, disse que o filho estava indo levar a cunhada para fazer um trabalho de faculdade. "Ela pediu ontem para ele levar ela porque estava sem dinheiro. Meu filho nunca fez mal para ninguém. Era um bom filho. Tudo que a gente pedia ele fazia. Meu Deus, por que isso aconteceu com ele? ". 
O motorista da carreta Hércules Barbosa, 38, disse que o condutor do carro estava querendo ultrapassar ele na hora do acidente. "Só ouvi o barulho quando ele jogou o motoqueiro no caminhão e parei. O jovens já estava jogado", contou destacando que iria fazer um boletim de ocorrência e esperar o resultado da perícia para tomar alguma providência.