segunda-feira, 22 de maio de 2017

Suspeito de roubar moto morre após acidente seguido de incêndio em Campina Grande

Um acidente de trânsito seguido de incêndio deixou uma pessoa morta na cidade de Campina Grande, na tarde deste domingo (22).

Segundo a Polícia Militar, o jovem de 21 anos que morreu havia roubado a moto de uma agente penitenciária e estava fugindo na hora do acidente. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu ainda no local, depois de ficar preso entre um carro e um caminhão.

De acordo com a Polícia Militar, o acidente aconteceu na Avenida Assis Chateaubriand, no bairro Liberdade. Segundo o relato de testemunhas, o suspeito fugia com a moto roubada quando tentou ultrapassar um carro, acabou perdendo o controle da moto e bateu de frente com um caminhão.
Ainda de acordo com o relato das testemunhas, o caminhão arrastou a moto e bateu contra um carro de passeio, deixando a moto presa entre os veículos. Depois do acidente, houve um incêndio. O suspeito também ficou embaixo dos carros. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu ainda no local.

O motorista do caminhão, o mecânico Jadson de Araújo Silva, conta que foi surpreendido pela moto e não teve como evitar a colisão. “Ele [o suspeito] ultrapassou um carro pela direita, depois foi ultrapassar uma moto pela esquerda, bateu no 'gelo baiano', perdeu o controle [da moto] e bateu de frente com o caminhão”, disse ele.

Veículo roubado

Um sargento da Polícia Militar contou no local do acidente que a moto em que o suspeito estava foi roubada de uma agente penitenciária instantes antes na rua Aprígio Nepomuceno, no mesmo bairro. O homem estava armado com um revólver e também foi reconhecido como suspeito de outros roubos no bairro.

“Ela teria sido assaltada em um cruzamento. O suspeito mostrou uma arma, tomou a moto dela. [No local] chegaram três vítimas da rua Odon Bezerra, informando que este suspeito e outro homem teriam tomado celulares e carteira do pessoal”, disse sargento Assis.