quarta-feira, 24 de maio de 2017

Presídio que irá receber Sérgio Cabral está pronto após 3 meses de reforma; veja imagens

Após três meses e R$ 26 mil investidos, as obras no presídio que vai receber o ex-governador do Rio Sérgio Cabral chegaram ao fim. Famoso no passado pelas regalias aos presidiários, o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP), em Benfica, na Zona Norte do Rio, passou por reparos e o RJTV teve acesso com exclusividade às instalações.

As intervenções – como instalações de câmera, grades e pintura – levaram um mês a mais do que o tempo previsto. A ala que foi reformada irá receber os presos da Lava Jato com curso superior e também pra quem for por preso porque não paga pensão dos filhos. No passado, o espaço ficou marcado por ter instalações com ar-condicionado, festa de aniversário e celas com jeito de suíte.

Em 2015 o BEP foi extinto e em 2017 o prédio passou a abrigar a cadeia pública José Frederico Marques, um presídio de triagem. De acordo com a Seap, todas as áreas são monitoradas por câmeras. A nova ala tem 162 vagas: são três galerias também vigiadas por câmeras, com nove celas cada uma. A equipe de reportagem não viu bloqueadores de celular e detectores de metal instalados, por enquanto.

Todas as celas têm o mesmo tamanho de 16 m². O tamanho padrão tem capacidade para seis detentos que vão ficar em três beliches. Os colchões disponibilizados são os que foram usados pelos atletas olímpicos. Cada detento também tem direito a uma tomada e poderá levar um ventilador.
O espaço ainda está equipado para que uma TV de no máximo 14 polegadas seja instalada na cela. A cela tem um banheiro equipado com vaso sanitário, pia e um chuveiro com água fria.

“Não tem ponto cego nesta unidade, qualquer passo do preso é acompanhado por mim diretor, pelos inspetores escalados no plantão, 24 horas por dia. A gente tem o armazenamento de até 30 dias de imagem. A gente busca imagem de até 30 dias a gente consegue. Futuramente estamos colocando um servidor aqui para armazenar isso ad eternum”, afirmou o diretor do presídio Fábio Ferraz.