quinta-feira, 27 de abril de 2017

Bianca da Silva Leal e presa por agentes da Federal no aeroporto Eduardo Gomes, com 12 quilos de maconha tipo “skunk”.

Policiais civis lotados no Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), e agentes da Polícia Federal (PF), prenderam Wilkena Bianca da Silva Leal, 23, com 12 quilos de maconha do tipo “skunk”. O fato ocorreu no saguão do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, situado no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus.

 De acordo com o diretor do Denarc, Wilkena foi interceptada no momento em que tentava embarcar em um voo com destino à cidade de São Paulo (SP). Os policiais chegaram até ela após receberem denúncias feitas ao telefone do Denarc: (92) 99415-0129.

“Conseguimos efetuar a prisão em flagrante da jovem, após as equipes do departamento receberem, há 10 dias, delações informando que uma mulher, com as características de Wilkena, iria viajar para São Paulo com uma quantidade significativa de substância ilícita. Nós solicitamos o apoio dos operadores aeroportuários para que a mala dela pudesse ser submetida ao equipamento de Raio X e as demais bagagens que ela carregava fossem revistadas”, explicou Mavignier.

Durante revista foram apreendidos 10 tabletes de maconha do tipo skunk, totalizando 12 quilos da substância ilícita, que estava armazenada em uma mala dourada. Em depoimento, a jovem confessou que iria receber R$ 3 mil para fazer o transporte da mercadoria ilegal. O diretor do Denarc afirmou, ainda, que essa não seria a primeira vez em que Wilkena faria esse tipo de serviço.

O delegado enfatizou que essa foi a segunda apreensão, em menos de uma semana, no mesmo local. “Essa parceria da Polícia Civil, Seai e Polícia Federal está rendendo resultados praticamente semanais e, a partir da participação da sociedade, por meio de denúncias, estamos conseguindo causar um prejuízo considerável aos traficantes”, argumentou.

Wilkena foi autuada em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis no departamento, a infratora foi encaminhada para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro Aleixo, zona Centro-Sul da capital.