segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Mulher é flagrada tentando entrar na UPP com celular na vagina

Uma mulher de 29 anos foi flagrada, na tarde deste domingo (12), ao tentar entrar na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) com um celular, uma bateria e um chip. Os objetos, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), foram encontrados introduzidos na vagina da mulher.
Conforme informações da Seap, a mulher é irmã do interno Lucas Levy Souza. O flagrante ocorreu durante o procedimento de revista. Segundo a secretaria, os objetos foram detectados quando a suspeita sentou no detector de metais do tipo banqueta.

A visitante foi conduzida ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos de flagrante, pelo crime de facilitação de entrada de materiais proibidos em estabelecimento prisional. A irmã do interno também teve a autorização de visita suspensa por 30 dias pela Seap.