segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Agente penitenciário é flagrado com drogas, celulares e dinheiro ao tentar entrar na Vidal Pessoa

O agente penitenciário Hermes Alberto Ugarte Júnior foi flagrado com diversos celulares e entorpecentes na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa (CPDRVP), localizada na Avenida Sete de Setembro. 
Ele foi encaminhado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (1º DIP) para os procedimentos de flagrante e será indiciado por tráfico de drogas e facilitação de entrada de materiais proibidos em estabelecimento prisional. A ocorrência aconteceu por volta das 8h, quando Hermes estava chegando à unidade e foi interceptado por policiais do Departamento de Inteligência Penitenciária (Dipen) da Seap, que apreenderam todos os materiais que estavam com o agente, evitando que os objetos entrassem na Cadeia Pública. 

De acordo com o secretário de Estado de Administração Penitenciária, tenente-coronel da Polícia Militar Cleitman Coelho, o Dipen trabalhava com informações de que Hermes entregaria uma arma de fogo para os internos e, com a abordagem, foi apreendida uma grande quantidade de materiais proibidos. “Nosso setor de inteligência conseguiu interceptar relatos de que a ação aconteceria hoje. 

O agente teve o carro revistado e dentro do veículo foram encontrados os materiais”. Hermes portava no momento da abordagem 500 gramas de material entorpecente, 15 celulares, 11 carregadores, 11 fones de ouvido, 2 baterias, 1 serra, 5 alicates, 2 chaves de fenda, 1 martelo, 2 tesouras, 2 bocais de lâmpada, 3 chaves de algema, 1 espelho e R$ 1.459,50 em espécie. 

O secretário Cleitman Coelho reforça que a Seap está intensificando as revistas e abordagens em familiares de internos, funcionários do sistema e demais pessoas que circulam nas unidades, para coibir a entrada de materiais proibidos nas unidades prisionais. “Os procedimentos de revistas estão mais rigorosos e iremos encaminhar a delegacia toda e qualquer pessoa que for flagrada com materiais que não são permitidos nas unidades”, disse o secretário.