quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

O estuprador de Anamã

Oséias Ferreira Freitas, 18 anos, foi preso em flagrante denunciado pelo estupro, homicídio e ocultação do cadáver da própria sobrinha, uma criança de dez anos.  

De acordo com o delegado titular da unidade policial, Caio Bruno Sabino,, o crime ocorreu sexta-feira, dia 6, por volta das 16h, na Comunidade Nossa Senhora de Nazaré, em Anamã.

Conforme testemunhas, o jovem teria levado a sobrinha para um roçado, onde abusou sexualmente da criança. O delito aconteceu no momento em que os familiares da menina estavam ausentes e a garota teria ficado sob os cuidados da bisavó, na casa onde morava. “Após serem informados sobre o sumiço da criança, os pais da menina começaram a procurá-la. Foi quando eles ficaram sabendo, por meio de testemunhas, que o infrator teria sido visto caminhando com a criança para um roçado.

Em seguida os familiares foram até o local indicado e avistaram uma cova no lugar, onde foi encontrado o corpo da vítima”, explicou o delegado. Caio Sabino disse, ainda, que Oséias teria empreendido fuga, correndo em direção a uma mata, após ficar sabendo que os parentes haviam descoberto o que ele havia feito. “Demos início às diligências e contamos com o reforço de policiais militares nas buscas.

O infrator foi encontrado e interceptado por populares, que acabaram agredindo fisicamente Oséias antes dele ser levado à delegacia”, informou o delegado. O titular da 81ª DIP declarou que, em depoimento, o jovem argumentou que matou a sobrinha após ela ter afirmado que contaria aos pais sobre o estupro cometido pelo tio, irmão da mãe dela. Oséias admitiu que abusou sexualmente da sobrinha, a estrangulou e na sequência enterrou a criança no local onde o corpo foi encontrado. O delegado autuou Oséias em flagrante por estupro, homicídio e ocultação de cadáver. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, o jovem foi levado para a carceragem da delegacia, onde irá permanecer à disposição da Justiça.