sábado, 7 de janeiro de 2017

Maior fuga de presos da história do país

A Polícia realizou uma vistoria no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). 
Após a vistoria, policiais que participaram da operação, divulgaram de forma extraoficial, em grupos de whats app, que o número aproximado de fugitivos é de aproximadamente 650 presos, contrariando a versão oficial da Secretaria de Segurança Pública, de que seriam menos de 200.

Durante a vistoria também foi encontrado vários objetos, entre eles, diversas caixas de som amplificado, estoques, e materiais perfurantes.