quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Delegado-Geral convoca titulares de DIPs, Especializadas e Seccionais para alinhar procedimentos operacionais

A Polícia Civil do Amazonas, esteve reunida na manhã desta quarta-feira, dia 4, às 9h, no auditório da Delegacia Geral, com delegados titulares dos Distritos Integrados de Polícia (DIPs), Delegacias Especializadas e das seis Seccionais, com o intuito de alinhar procedimentos operacionais nas unidades em toda a capital.


Durante a reunião o delegado-geral pediu às autoridades policiais presentes mais empenho nas buscas pelos fugitivos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que deixaram as unidades prisionais no último domingo, dia 1º. Sobrinho destacou que, no momento, essa é a missão primordial da Polícia Civil. “Estamos empenhados em recapturar os foragidos do sistema prisional do Estado e, com isso, trazer mais tranquilidade à sociedade amazonense”, argumentou.

Francisco Sobrinho aproveitou o encontro para informar as ações da Polícia Civil em torno da operação “Carnaval 2017”. “Ao longo da reunião tratamos sobre as ações previstas para o Carnaval deste ano. Iremos trabalhar ativamente no período carnavalesco, distribuindo tarefas por cada área da cidade. Também utilizaremos coordenadores nas seccionais e nos DIPs”, pontuou.

Escalonamento - Na ocasião, o delegado-geral discorreu sobre o escalonamento da Polícia Civil. Sobrinho enfatizou que, em conversa com o governador do Estado, José Melo, ficou acertado que o pagamento da terceira parcela do escalonamento da Polícia Civil do Amazonas irá ocorrer de forma retroativa, quando o Estado receber repasses do Governo Federal.

“Informei às autoridades policiais presentes na reunião que, sobre a possível paralisação dos policiais civis, o momento não é propício para ações nesse sentido. O governador já se comprometeu em pagar a terceira parcela do escalonamento da Polícia Civil com valores retroativos. Precisamos ter um pouco mais de paciência neste momento de crise que assola não só o nosso Estado, mas todo o País”, declarou.

Francisco Sobrinho disse, ainda, que esteve reunido com representantes de algumas lideranças sindicais e repassou o posicionamento do governador do Estado.