terça-feira, 25 de outubro de 2016

David Almeida defende manifestação de terceirizados da Saúde

Em comunicado de liderança, o deputado David Almeida (PSD), líder do governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), destacou como justa a manifestação realizada por servidores da saúde que estão com seus salários atrasados, devido às empresas terceirizadas Total Saúde e Salvare, estarem envolvidas na Operação Maus Caminhos.


“Minha saudação a todos os presentes e dizer da justa manifestação dos senhores e das senhoras. Vocês estão com toda a razão. Estão lutando por um direito que é de vocês. Vocês trabalharam, prestaram serviços e precisam ter os pagamentos atualizados e honrados pelo governo. Isso é fato”, pontuou o deputado.


Na oportunidade, David Almeida buscou informações com a Secretaria de Saúde (Susam), Secretaria de Finanças (Sefaz), com a Secretaria de Administração (Sead) e Prodam e foi avisado de que todo o processamento do pagamento dos funcionários havia sido concluído e que nesta sexta-feira (21), os servidores estariam com o salário de agosto na conta. Almeida disse ainda que foi informado que o pagamento de setembro estaria sendo realizado com 10 dias após o de agosto.
“A Secretaria de finanças acabou de transferir a ordem de dois milhões e setenta e oito mil reais para a caixa econômica federal, agência que realiza o pagamento dos funcionários e amanhã (hoje) já estará na conta de vocês o salário de agosto. Também fui informado que com 10 dias estarão liberando o pagamento de setembro”, ressaltou Almeida.
O parlamentar ressaltou que a luta dos servidores é válida e que a Assembleia estará ao lado deles para resolver os problemas. “Não queremos colocar o dedo na ferida e pedir que vocês continuem sofrendo. Nós queremos resolver os problemas de vocês e vamos ajudar”, reafirmou.
David Almeida pediu ainda que caso o pagamento não esteja na conta dos funcionários que eles voltem a Assembleia, uma vez que o parlamentar não pode criar expectativas que não possa corresponder. “Eu não vou enganar, nem trazer informação falsa. Não posso criar expectativa que não possa corresponder. A base do governo vai lutar por vocês para que essa situação seja resolvida”, pontuou.
Assessoria.